Pessoas Lindas!

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Desejo que você seja Feliz!


Pessoas lindas,
Muito obrigada por tudo!
Que Deus ilumine a vida de todos vocês e que em 2009 possamos nos encontrar!

Vou me permitir descansar por uns dias, reencontro vocês no início do novo ano, cheia de saudades e histórias para contar!

Deixo um beijo sabor chocotone, um abraço com cheirinho de orvalho e o meu melhor sorriso.

Vou me 'desconectar' um pouco da net e me refugiar nos braços do meu marido, para compensar toda a falta de tempo do ano que já está indo embora.

Portanto, não vou moderar os comentários.
Este blog definitivamente, não tem como intuito: fazer fofoca, falar mal da vida alheia, competir ou promover competições de qualquer tipo. E nem é arena para troca de ofensas.
Acreditando nisso, não modero mais os comentários.
Essa parte fica por sua conta.
Liberdade, educação e delicadeza são clássicos. Nunca saem de moda.
*como diria Cris Guerra.


Na contagem regressiva, o segundo 3 será de vocês, vou pensar em todos que compartilharam comigo este ano através desse amplo espaço virtual.

Obrigada pelo carinho, sempre.

Que Deus, da maneira como cada um o concebe, esteja presente em seus caminhos.


Volto em breve.
Com amor e com Deus,
Luciana Arruda

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Eclesiastes 3-4


"Tempo de chorar e tempo de rir;
Tempo de prantear e tempo de dançar."

(Bíblia Sagrada)


________________
O dvd do nosso espetáculo está pronto!
Quem quiser, sem custo, na base de troca, me escreva!
________________

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Corram para o Cinema


Ok, o livro é sempre melhor.
O filme não é nenhum clássico, nem tem nada de épico.
E- preparem-se - em algumas salas do Brasil, só cópias dubladas.
MAS...
Robert Pattinson é o Vampiro mais lindo que o cinema produziu.
Sinto muito, Stuart Townsend, meu Lestat favorito, você acaba de perder o posto de Vampiro dos Sonhos.
Para quem quer ver um filminho, se emocionar com a trilha, as paisagens, o amor de Edward e Bella, 'Crepúsculo' é a pedida do fim-de-semana.
E, o ator ainda gosta de ouvir 'Beside You' de Van Morrison...e no filme tem Debussy... ai,ai como a arte me encanta!!
_________________
Para não ficar longe da Dança do Ventre, tem novos artigos e página mais fácil de ler no
E, em breve, o nosso presente de Natal: uma super entrevista com Tarik!
Coisinhas que vocês só encontram no meu site, especialmente para vocês!!
_________________
AMIGAS DE BLOG:
Obrigada por linkar meu site e meu blog!
Infelizmente nem todos eu acompanho ou mesmo sei que tem meus links, então queria agradecer o respeito e o carinho e pedir para quem tem meu link e ainda não deu sinal de vida por aqui nos meus coments ou mail, avisem, por favor, assim linko vocês também!
Quero retribuir!
Que todas vocês tenham ainda mais sucesso e que a Dança ilumine suas vidas, sempre!
__________________

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Respire...

De férias!

Voltando a vida 'normal' e colocando em dia os filmes, cd's, faxina, papéis.
E aguardando os arquivos digitalizados, para editar o dvd da Mostra.
Enquanto isso:
__________________

Filmes

Que saudade de assistir filmes! Agora aos poucos vou reservando um tempo para assistir os dvd's antigos, lançamentos e outros que me dão na telha. Quinta estarei na pré-estréia de 'Crepúsculo', não podia perder. Esses dias vi:

* Sentença de Morte - com o sempre bom Kevin Bacon

* Sombras de Goya - Javier Barden (não preciso dizer nada) e a perfeita Natalie Portman (aliás, peguem tudo que tiver essa mocinha, ela é uma ATRIZ de primeira! A cena dela com o 'irmão' em 'A Outra' é de aplaudir!)

* Batman, O Cavaleiro das Trevas - sim,sim é tudo de bom

* O Nevoeiro - Stephen King, mesmo para as telas, sempre sai do lugar comum. Adoro! E ainda tem a trilha maravilhosa de Dead Can Dance.


Natalie Portman, super atriz!



__________________


Respeito



* Fui assistir minha professora da quarta série, Dona Janete Donine, ser homenageada em sessão solene! Que alegria!

D. Janete foi a professora que marcou minha vida, em um tempo onde nem se falava de Construtivismo e ela levava os alunos para passeios temáticos, fazia campeonatos de tabuada em sala de aula, dava provinhas surpresa e, nunca me esqueço, uma vez levou toda a turma para comer bolo de cenoura em sua casa!

Que maravilha presenciar a homenagem e, ao final, poder abraçá-la!




Eu e D. Janete, vinte e dois anos depois!

_________________

Carinho

Preciso registrar meus agradecimentos ao público de Guararapes e região que assistiu ao nosso espetáculo. Casa cheia! Que delícia ver o espaço cultural com seus quinhentos lugares lotados e, ainda mais, pessoas de pé e sentadas pelos corredores!

Mérito das minhas alunas, que fizeram tudo de maneira séria, com responsabilidade e dedicação!




Alunas, marido, aplauso: OBRIGADA, DEUS!

_________________________

Coisas que todo mundo já disse, mas eu não

* Madonna - ela está horrível. veias e tendões aparecendo, magrela, bumbum a caminho do chão e tanto tombo, em cada cidade, que bom que ela ainda não se machucou. Respeito sua trajetória, mas não acho que ainda está Diva, não. Infelizmente a idade chega para todos.

*Mallu Magalhães - não entendi. se o fato é ela ter 16 anos, isso vai passar. um dia ela cresce. se o fato é gostar de Bob Dylan e Beatles nessa idade, isso é tão normal quanto eu e algumas amigas que escutávamos os vinis antigos de nossos pais. (tudo bem, eu não conhecia mais ninguém que gostasse de Ray Charles e Beethoven aos treze anos, mas isso não é raridade,vá...)

* Ronaldo, no Timão. não acompanho futebol, na verdade eu gostava do Corinthians quando ele tinha o Sebá (sim, eu falei com ele, vi, fotografei. meninas, ele é lindo. mas não jogava nada, vamos lá.) agora, depois de gordura, traveco e casa-separa, sóa faltava o 'cunríntia' para completar a saga. desejo sorte. sou corintiana, mas não sou hipócrita.

* Santa Catarina - meus sentimentos e pesares a todos, as perdas físicas, financeiras e ademais. mas também preciso dizer: lição de humildade,né, Sul? Para quem pregava o movimento separatista, que bom receber ajuda do Brasil inteiro, uma prova do povo unido e sem melindres. espero que tudo fique bem, e logo. ah! e para os soldados que estão roubando mantimentos: VERGONHOSO!

_________________

Day-off

Por alguns dias, mas depois volto. Vocês me encontram no arrudaluciana@yahoo.com.br

Escrevam!

beijos sabor chocotone (de preferência, da Cacau Show! uau!)

domingo, 14 de dezembro de 2008

Para todas nós

video

Força, ânimo, coragem e ousadia!

FELIZ 2009!

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Ahhh...

"Fiz a prece, sorri, e entrei em cena..."

Fotos do evento aqui

E aqui também!

domingo, 7 de dezembro de 2008

Êxtase

Sinal do walk - talk para o técnico de som.

Blecaute no palco.

A narração começa.

Minhas alunas estão todas no camarim, ágeis, fazendo a troca de roupa para a última dança.

É a minha vez, o meu momento.

A dança que ajuda a dar tempo do elenco se arrumar, para o grand finale. Só um pequeno solo, antes do encerramento.

Estou sozinha.

Escuro.

No pequeno intervalo de sombra, na coxia, ajeito o meu véu e faço a prece.

"Deus, se eu for digna, me permita fazer um bom show, uma dança que emocione."

Naquele momento, era só eu e Deus.

Não poderia, por mais que quisesse, descrever essa sensação de sentir ao mesmo tempo, a solidão, o estar só ali no escuro, embora sentisse também a presença de Deus, algo que me fazia sentir uma força, um silêncio interno que dizia mais do que muitas palavras.

A música começou...eu sorri e entrei em cena.

Em seguida, a última dança, o grupo de 22 alunas fazendo o melhor, o impecável.

As flores que ganhei do meu marido, de surpresa.

As alunas LINDAS, sorrindo, maquiadas, reluzentes, todas de branco.
Não, não quis o microfone.

Não havia nada que eu pudesse dizer.

Segundo o ditado árabe:

"Boas árvores não precisam fazer barulho. Seus frutos são o suficiente."

Minhas alunas fizeram um belo espetáculo.

Elas falaram por mim.


ps: daqui a alguns dias, fotos e talvez vídeos.

Desde já me coloco a disposição para enviar o dvd do espetáculo para quem se interessar, num sistema de trocas, sem custos- nossos eventos não tem fins lucrativos.
Me escrevam que eu falo como fazer.


OBRIGADA A TODAS AS ALUNAS, PATROCINADORES, PAIS, AMIGOS, FAMILIARES, MEU MARIDO E A TODOS QUE COLABORARAM PARA O SUCESSO DO EVENTO.



Uma foto, da pré-estréia, de uma novidade que vai bombar: Dança com Fitas.
Eu sei, não tem nada de Dança do Ventre aí, mas a ousadia valeu. Ficou show!
Podem se inspirar, eu deixo...


* foto 1 - 'O Êxtase de Santa Teresa'
* foto 2 - "Náiades" as ninfas das águas, dança inspirada na Mitologia, tema do espetáculo. A única coisa que me veio à mente para reproduzir ondas, foram as fitas. E foi lindo.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Do centro dos meus Sonhos...

Escrevo, cansada, só para registrar por onde andam meus pensamentos.
Meus dias tem girado em torno de todos os meus sonhos, melhor: da realização destes.


Quinta dia 04/12: Apresentação dos Projetos Culturais
Conseguimos unir os projetos de Dança, Música (Flauta e Violão) e Batucar (Percussão) e vamos mostrar ao público um pouco do nosso trabalho.


Sexta dia 05/12: Dez anos de Colégio Lumen - Viagem pelo Brasil
Comemorando os dez anos da renomada escola, meu marido e eu fomos convidados a criar, em tempo recorde, um espetáculo que demonstrasse através da dança e da música, o perfil da escola nesses dez anos, passando pelas regiões brasileiras, até chegar a noroeste paulista, local do colégio. Haja pesquisa, trilha, dança, folclore. E ficou show, houve momentos em que eu achei que não ia conseguir, mas a arte se fez e tudo pronto, para a alegria de todos. Foi a primeira vez que coreografei uma percussão corporal - sem música de fundo, e depois tive a honra de ver meu marido criando a trilha sonora para acompanhar os movimentos.


Sábado, 06/12 - Sexta Mostra de Dança Árabe
Após dez meses de preparo, estréia o espetáculo de nossa Cia de Dança, inspirado na Mitologia Greco-Romana, em mais uma super produção de meus sonhos amalucados e a dedicação e companheirismo de minhas alunas.



Depois, férias, talvez.
Porque 2009 já vem chegando e eu começo a sonhar mais alto...



E ainda arrumo tempo para brincar de 'apresentadora' da 10ª Edição das 'Noites de MPB' foto by minha amiga Helen
*Obrigada, Tonho, pelo convite, mais uma vez.

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

O que me faz Feliz...

Pré-estréia do espetáculo da Cia de Dança 'A Bailarina'.

Convidamos todas as entidades e grupos filantrópicos de nossa cidade.

E eles aceitaram o convite...
Alunos do CRIE- Centro de Recuperação e Integração do Excepcional

Alguns dos moradores do Asilo

Alunos do CEDO- Centro Educacional Dom Orione

E ainda contamos com a presença do Agente Jovem, Fundação Mirim, Educandário e Grupo de Artesãos.

Parte do elenco, em pose final...muitas infelizmente não puderam vir devido ao trabalho, mas o grupo fez sua parte e foi lindo,lindo...

Olha eu flutuando...coisa boa receber o carinho dessas pessoas

___________________

Agora, a estréia oficial, SÁBADO 06 de Dezembro.
E meu coração já está quentinho e feliz...

Agradeço às minhas alunas, sem vocês nada disso seria possível.

Agradeço (MUITO) ao meu marido Felipe, que me salva todos os dias.

___________________

Obrigada, Du, pelas fotos e por ter ido.






domingo, 23 de novembro de 2008

Lindo,lindo...


"(...)Que há um súbito cheiro a jasmim trazido por brisa inesperada,
um súbito olhar límpido de mulher num súbito terraço,
uma bola amarela de criança que vem devagar tocar-nos nos pés, qualquer coisa de violino, ou qualquer coisa de harpa,
que vem de qualquer coisa que é noite, ou apenas silêncio,
uma luz filtrada de pausa em certo fim de tarde,
o mar que chega à praia deste peito, a onda que se estende quando chega,
um cisne sem lago subindo o colo daquela mulher,
ou a sua nudez ansiada como espuma de carne num lençol,
a curva que a mão dá o contorno, o cansaço nos lábios mordendo o cigarro,
a amplidão de repente feita olhar,
um grilo vem dos nossos campos de outrora e canta na noite, o sabor do café na manhã clara, uma saia que roda e faz fru-fru, a luz que rompe, rindo, em face suja,
alguém recupera música esquecida assobiando,
a madeira velha larga um odor de tudo o que apetece voltar a ter,
um amigo chega, bate à porta e lembra-nos do que somos,
uma frase atirada ao acaso dirige-se directamente ao coração de alguém,
há uma gare que se percorre o tal abraço,
um pedaço de relva enrola-se nos dedos distraídos,
um barco ao longe está parado e leva-nos,
é de um verde tropical o cenário que te enfeita,
faço áleas de repente por saber que vens aí,
e é como passear galeras ou palmeiras, ou alegria,
ou esta primavera alvoraçada, este encontro marcado folha a folha,
brotas da geometria de um canteiro, o espaço exacto,
há um gota de orvalho no teu ombro,
a gota de orvalho que há no teu ombro reflecte tudo o que é puro, matinal, tudo o que é puro e matinal em mim, embora eu já nem saiba como hei-de dizer tudo isto(...)"

Dinis Machado em «O Que Diz Molero»

sábado, 22 de novembro de 2008

Dia do Músico

Santa Cecília

Dia 22 de Novembro, reconhecido mundialmente como o dia da Música, dos Músicos e de Santa Cecília, a madrinha dos músicos.

Parabéns à todos vocês, que encantam nossa alma e refletem a face de Deus com suas canções e interpretações.

Agradeço à Deus, publicamente, por ser casada com um músico. E a cada vez que o vejo tocar, me apaixono novamente...


Oração do Músico

Senhor, Jesus Cristo,
Somos notas diferentes na mesma pauta do Reino de Deus,
Nós Te Louvamos por este tempo de pausa, de silêncio.
Lembramos que a quietude de Tua mãe, Maria, permitiu que ela respondesse, sim!
E a Canção se fez gente, e habitou no meio de nós (Jo 1,14).
Temos timbres diferentes e exatamente por isso podemos cantar a trinitária harmonia dos acordes da fé, da esperança e do amor.
Que possamos unir nossas diferenças para que a canção seja mais santa e mais bela.
Sabemos que na vida existem acidentes.
Mas não nos deixes cair na desafinação.
Que possamos ouvir a voz uns dos outros, seguindo as Tuas orientações e movimentos, nosso maestro maior!
Alerta-nos para que saibamos obedecer os sinais de expressão:
Desde o pianíssimo e oculto serviço da composição, até a fortíssima visibilidade de nossa canção nos Meios de Comunicação.
Acima de tudo nós Te pedimos: Lembra-nos que a clave é quem dá o nome, a altura e o significado de tudo o que cantamos.
E a nossa clave és Tu, Sol nascente, Luz do Alto, que veio nos ensinar a profetizar pela canção, com os olhos para o alto e com os pés firmes no chão.
De todas as verdades És o supremo cantor.
Senhor Jesus, Nossa boca cantará o ritimo do Teu coração.
Unidos cantaremos a Tua eterna canção de Amor. Amém!

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Do Amor em suas muitas formas - que eu vi em Novembro...

* de Soledad Yaya que, ao tocar sua harpa, parecia abraçar o grande amor de sua vida;
* de Sueli e sua trupe, ao dançar a crucificação de Cristo, no 3º Festival de Artes Gospel;

* dos alunos com olhos brilhantes, ao falarem do discurso do meu irmão Alex, paraninfo da turma de formandos;

* da ternura do abraço e dos olhos cheio de carinho, das minhas alunas Bruna, Mary e Julia que deram um amor que vai alimentar a mim e ao Felipe por muito tempo;

* da estranha sensação de estar no velório do pai da minha aluna Aline, e lembrar que as últimas palavras dele para mim foram: 'Não vejo a hora de ver minha filha no palco." Ô, Seu João, faltou tão pouco... mas sei que teu espírito estará por lá;

* de ver tanto amor nos olhos do meu marido, mesmo eu sendo tão imperfeita;



___________________________



Agenda Cultural: (Espetáculos que estou dirigindo)



* 26/11 - Pré-Estréia 'Sexta Mostra de Dança' - Exclusivo para Entidades Sociais

* 04/12 - Festival do 'Grupo Municipal de Dança' - 'Projetos Culturais'

* 05/12 - Viagem pelo Brasil - 10 anos de Colégio Lumen

* 06/12 - Estréia: Sexta Mostra de Dança 'Cia A Bailarina'



__________________________



E em 2009, inauguração do 'Mosaico das Artes'.

Em breve!

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Para não Cometer Gafes


CONDUTA (do público)

* Não se atrase quando for a um espetáculo, teatro, recital. Caso atrase, espere o momento do aplauso para entrar no recinto- não há gafe maior do que pessoas entrando durante a execução de uma peça ou coreografia.

* Se estiver com tosse, nem saia de casa.

*Desligue o celular

* Sim, a pessoa ao lado está vendo exatamente a mesma coisa que você, portanto, não fique 'cutucando' e nem dizendo em voz alta/ou sussurrando 'olha isso!', 'nossa, que lindo!','uau!' e etc.

* Quando gostar de uma bailarina/músico/artista, pode aplaudir em cena aberta - desde que seu aplauso não atrapalhe a concentração nem do ator/bailarino/músico e nem da platéia.

* Ao final do número apresentado, se além das palmas quiser gritar, tudo bem, mas grite apenas 'Bravo!', evite falar o nome do artista, principalmente se for duo, trio ou grupo. O bom e velho 'Uhú!', melhor deixar para eventos mais intimistas.


DEFINIÇÕES

* 'Festival' - é um evento que abrange uma variedade de apresentações, com diversas modalidades, geralmente sem tema definido, a variedade é a palavra chave. Pode ser competitivo ou não.

* 'Mostra' - como o próprio nome diz, o evento 'mostra, demonstra' o resultado específico de um trabalho - geralmente com no máximo uma hora de duração. E 'amostra' é o que você colhe quando vai fazer exames médicos ou compra um tecido. O correto, em arte, é 'Mostra' mesmo.

* 'Musical '- usualmente com som ao vivo, os artistas cantam e também dançam. Mas também há a variante em o artista que apena dança, com trilha de um musical já consagrado.

* 'Espetáculo' - é um evento de grande porte, geralmente com um tema que será desenvolvido durante todos os números, que envolve conceitos em música, figurino, temática e o desenvolvimento geral do evento.

* 'Show' - pode ser de curta ou longa duração, geralmente não envolve grandes produções como o espetáculo, mas também tem todo um aparato artístico de figurino e músicas de impacto, e usualmente com mais bailarinas solistas do que grupos, se for musical, eis uma banda sempre presente - a não ser os que cantam com playback, desonra.

* 'Performance' - um momento de 'licença poética', dança/número 'inspirado' em outra dança raiz com elementos adicionais seja de figurino ou execução, com um 'toque' pessoal. Por exemplo, uma coreografia de jazz que tenha passos de tango, não pode ser chamada de 'Tango', mas sim de 'Performance inspirada em Tango'. Por mais que a 'performance' tenha essa liberdade, é preciso sempre averiguar o bom senso e se os passos/cenas que servem de inspiração traduzem com certa fidelidade a dança raiz.

* 'Fusaõ' - quando a 'mistura' da dança raiz com outra dança segue as mesmas normas e técnicas. Cada dança da fusão está baseada no elemento raiz, não há licença poética, não há toques pessoais, mas sim uma mistura de elementos que respeitam suas diferentes origens.

* 'Sarau' - evento mais intimista, sem grandes produções, em que são apresentados diferentes abordagens artísticas, como dança, música, performances, leituras, exposições, tudo num mesmo local.


CONDUTA (do artista)

* Não se atrase, e se organiza um evento, não o atrase mais do que dez minutos.

* Chegue ao local maquiada e com traje social ou esporte fino, cabelos arrumados, sem fumar ou beber.

* Não 'namore' na frente do público ou convidados, expresse carinho em casa, depois do show ou, se for a um local público, festa, restaurante, não caia em tentação de encher a cara para comemorar, nem seja fotografada com cigarro ou drinks coloridos. Contenha-se, faça a festinha particular, com amigos e ponto.

* Se tiver alunas participando do mesmo evento que você, sua função é cuidar para que todas estejam bem e tranquilas. Ajude a maquiar, oriente quanto aos trajes, faça uma prece antes de entrar em cena, agradeça a participação delas ao final. Educação e respeito são bem vindos, sempre.

* Quando alguém pedir para fotografar, dê um sorriso e fique próxima da pessoa no momento da foto. Se ela/ele abraçar, sorria ainda mais e tente retribuir o abraço, na medida em que sentir-se confortável. Caso não se sinta, diga gentilmente para a pessoa : 'Desculpe, acabei de dançar, estou transpirando um pouco, não me sinto a vontade em abraçar, mas veja, vou ficar bem do seu lado, vamos lá!'

* Deixe o camarim, na medida do possível, organizado. Recolha os seus pertences, jogue no lixo copos, papel e afins, confira se não esqueceu nada.

* Ao final do evento, cubra-se com o véu e vá conversar com as pessoas, fotografar, aproveite o momento, os elogios. Mas não fique mais do que dez minutos, depois volte ao camarim e saia com discrição do local.


O 'básico' está aqui. Se faltou algo, escrevam.

domingo, 9 de novembro de 2008

Suspiro


"Através da força do céu,
Luz do Sol,
Raio da Lua,
Esplendor do fogo,
Rapidez da luz,
Suavidade do vento,
Profundidade do mar,
Estabilidade da terra,
E firmeza da rocha,
E chamo pelos nove elementos
Para fazê-la desaparecer dos suspiros humanos."

(A História de Etain – Lenda Celta)

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Dançando com Paixão!

Porque ela é f-o-d-a!!

Sara Baras, te amo!

video

sábado, 1 de novembro de 2008

Inspiração

Ná página oficial do espetáculo 'Deusas - Mitologia Greco-Romana' tem um link em que eu conto tudo de bastidores, pesquisa e afins. Deixo tudo à mostra para as pessoas acompanharem como é o meu processo criativo e entenderem que, para um artista toda inspiração é bem-vinda, toda arte é necessária para gerar idéias e pesquisa.
Um dos itens que têm sido mais comentados, é o fato de eu ter utilizado um comercial de um dos perfumes que eu uso, da Lolita Lempicka.
Bem, para mim é mais do que natural algo bem feito e bonito servir sim, de inspiração.
Assim que vi o comercial, associei às ninfas e as belas histórias gregas. Por isso a maquiagem do elenco, esse ano, será como a do comercial. E as fotos de divulgação foram feitas numa fazenda linda, em meio a árvores, grama, folhagens, como eu imagino que deveria ser.
Para quem quiser saber mais, acesse o site:
http://www.abailarina.com

E veja o vídeo inspirador aqui:

video

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

E o sonho se faz real...


Em Dezembro, 'Sexta Mostra de Dança Árabe'
Espetáculo 'Deusas- Mitologia Greco-Romana'
Guararapes-SP


Direção: Luciana Arruda

"A Dança do Vento é invisível, mas é ela que faz vibrar a natureza inteira."
(Amado Neruo)

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Mário Prata e eu

Pretensão esse título, mas hoje, depois do bate-papo com Mario Prata, me senti 'amiga'.
Adoro esse peculiar escritor, acompanhei por anos a fio suas crônicas no jornal 'O Estado de São Paulo' - lembro que papai e eu sempre comentávamos sobre os escritos a cada semana.

Graças ao excelente projeto da Secretaria do Estado da Cultura, o 'Viagem Literária', tive a oportunidade que muitas pessoas, de cerca de 40 cidades do estado têm, de conhecer e conversar com escritores.

E, claro que, Mario Prata em minha cidade, eu não iria perder!

Obrigatório para quem gosta de ler, para quem educa, ensina.
Um show o bate-papo, a simplicidade e senso de humor.
Novas perspectivas sobre literatura, arte, gramática,vestibular e a escrita.

Um talento!


Papai, Mário e eu - momento baba-ovo

Autografando o meu exemplar velhinho, de 'O Diário de um Magro'

Olha o tamanho da alegria (e papai ao fundo, estava a mil conversando com Mário)

Porque artista que se preze tem obrigação de estar envolto em arte e cultura.

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Coisas de Amiga


Na época da faculdade, menina do interiorrr, tentando se adaptar a nova vida, novos amigos, cidade 'grande'.
Um dia -quase fim de noite-, sem café da manhã, com ônibus lotado e cansaço, tive uma queda brusca de pressão.
Não conhecia muita gente, mas ali, sentada no banco, perdida no jardim da UNESP, pálida e meio 'grogue' surge a primeria AMIGA que eu faria na época de universitária - e essa amizade perdura até hoje.
A Nívia veio, perguntou como eu estava e, rapidinho, buscou um lanche delicioso e um copo de Coca-Cola geladinha, que me deram forças para o restante do dia.
Lembro que eu fiquei preocupada pois não tinha dinheiro e, mesmo sem graça, aceitei o lanche e o refrigerante, porque estava muito mal, mesmo.
A Ni apenas disse: 'Não se preocupe com isso, come tudo. Um dia você me paga um salgado, quando puder, mas agora come.'

Talvez ela nem se lembre disso, mas eu lembro.
Passamos por muita coisa juntas e separadas, mas a amizade sempre falou mais alto.
AMIZADE.

Foi isso que me fez viajar quilômetros para estar no casamento dela, em Cambuí-MG.
Foi isso que fez com que ela entendesse, anos depois, porque eu não a havia convidado para o meu casamento. Mas mesmo assim ela me enviou um presente belíssimo, que está até hoje no criado mudo do meu quarto de casal, combinando com tudo, comigo e com Felipe, como se ela desde sempre o conhecesse e conhecesse o nosso amor.

Nívia era minha parceira de laborátorio: lembro-me que cuidávamos juntas de um rato em que dávamos choques -ah, experimentos da Psicologia, que desonra - lembro até que o rato tinha nome e a gente morria de dó dele...mas esqueci o nome dele.
Também rimos e choramos muitas vezes.
Ela chorava mais na época, hoje imagino que eu quem sou a manteiga derretida.
Enfim, a Ni é dessas amigas que Deus envia com um bilhete: "Faça alguém feliz."

Ela cuidou de mim mais do que imagina.
Ela me fez e me faz feliz.
E, quem diria, meu início da Dança do Ventre, foi por causa dela.
Gente, hoje eu danço e sou o que sou, por causa de um convite que a Ni fez: 'Lu, vem comigo fazer uma aula? É grátis.'
Eu fui, ela fez uma ou duas aulas e nunca mais voltou.
Eu fiquei.
Hoje, ela é uma competente e dedicada Psicóloga e eu, após oito anos de carreira bem sucedida e feliz, 'abandonei' a Psicologia para trabalhar apenas com a Arte da Dança.
Quem diria?

Agora ela é mãe. O bebezinho, tem nome de música, 'Lúiza' e está crescendo forte e saudável dia a dia na barriga da 'mineirinha'.

A Ni mais uma vez mostrou sua força e essência, fez um blog lindo para colocar ali seu luto e seu amor: ela perdeu o pai a pouco tempo, e agora se descobre mãe.

Vejam aqui:



Ni, te amo.

domingo, 19 de outubro de 2008

Palavras fluindo

Mar Adentro
Fazia tempo que eu queria ver e foi do jeitinho que eu esperava. Sublime.
Aqui, o Ramon e sua amiga, os verdadeiros.

O filme inspirado na vida de Ramón Sampedro, tetraplégico que luta na justiça pelo direito de morrer. Resumindo assim, parece fúnebre e dramático, mas é um filme luminoso, com uma trilha maravilhosa, do diretor Alejandro Amenabar, um mestre.
Aqui, o original...Ramón

E aqui, a incrível transformação de Javier...

E aqui, o pôster do filme...dá para acreditar que é o mesmo Javier? Entrou para a Galeria dos atores que amo, tá ali, coladinho com Ralph Fiennes, Gary Oldman, Morgan Freeman, Jack Nicholson.

'A' Cena do filme, para mim: o vôo, ao som da belíssima 'Nesson Dorma'

***
Ando triste com as coisas desse mundo, violência, política, sofrimento animal e humano.
Mas não queria escrever sobre isso. Na verdade, adoraria um lugar em que tivesse apenas boas notícias. Alguém conhece, um programa de Tv, revista ou telejornal assim? Me digam.

Mas mesmo triste, é preciso saber.
Informem-se, pesquisem no Google, leiam jornais sérios, assistam 'Observatório da Imprensa', conversem sobre isso com amigos, seus pais... não podemos 'fingir' que nada acontece!

Notícias da semana:
*Lula aprova a Lei de Pesquisa Científica em Animais (ele 'acelerou' o processo, assim como fez com as questões ambientais do Rio São Francisco)

* As 'desculpas' - esfarrapadas- do GATE, tentando justificar o injustificável

* Lei do Abate Humanitário- só no papel. Ninguém cumpre nada, ninguém multa e fiscaliza e cerca de 600 animais morrem por dia- isso em abatedouros de pequeno porte. Inclusive vacas prenhes, que são mortas a marretadas, e em seguida o feto se debate, de maneira horrível, enquento morre sem oxigênio.

*Mini Miss Brasil - a menina de oito anos de idade pinta o cabelo desde os dois - sim, dois- vai a escola de chapinha, usa maquiagem importada e - pasmen - seus pais lamentam o fato de não ter mais concursos agora, já que a menina atingiu o 'topo' na categoria da idade. Ah, sim, eles nem ligam de terem gasto cerca de 60 mil reais em vestidos, cabeleleiros e maquiadores, produtos importados e desfiles, para o 'bem' da menina.

Ah, por hoje basta... quero boas notícias...

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Verdade


"Mais importante do que entrar em cena,
É saber o momento de retirar-se."
(Ana Botafogo)

domingo, 12 de outubro de 2008

Para sair do mundinho cor-de-rosa


Você pode simplesmente atravessar a rua e olhar para os cães abandonados, mendigos e/ou famílias sentadas na calçada, com olhos muito tristes.
Você pode perder uma hora do seu precioso tempo e ir conhecer uma entidade que ajuda pessoas deficientes e também ir visitar um Asilo ou Casa de Repouso.
Também pode checar o horário de visitas do hospital público e visitar alguns doentes.
Vai ver que o cristal belo e colorido que protege o mundinho cor de rosa de todas nós é frágil, muito frágil.
Que os programas de Tv e Jornais não são tão sensacionalistas assim, pelo contrário: retratam uma realidade feia e difícil de lidar.

Quem vive envolta no mundo da Arte muitas vezes perde esse filtro que nos conecta com a realidade.
Há artistas vaidosos ao extremo, preocupados com peso, traje, cabelo e que simplesmente não tem conhecimento ou sensibilidade para questões profundas que abarcam meio ambiente, sociedade, marginalizados e pessoas em situação de sofrimento.
É preciso sair do mundinho cor-de-rosa que nos cerca e viver o cinza que se apresenta em todo o mundo. Não, não é só minha cidade, ou seu estado, ou Brasil. É mundo. O planeta que todos nós habitamos.

Você pode continuar seguindo com suas preocupações cotidianas e talvez até pensando que cada um tem a vida que merece.
Mas eu adoraria que, ao menos por um dia, as pessoas pudessem se informar, refletir e agir, quebrando a redoma e indo à luta, estendendo a mão de vez em quando.
Para quem ainda não tem coragem de sair, comece por uma reflexão, assistindo aos filmes abaixo:

- Babel
- Diamante de Sangue
- O Jardineiro Fiel
- Terra de Sonhos
- Dogville
- Requiém para um Sonho

E se nenhum deles te emocionar e te fizer pensar, por favor, comece a perguntar onde está o seu coração e o seu cérebro.
Procure.

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Alegria

Projeto Dança, Projeto Batucar = criança feliz!
Obrigada a parceria do Guararapes Clube e Prefeitura Municipal-Divisão de Cultura
Unir os projetos e as crianças em um dia de lazer no Guararapes Clube foi um presente de valor inigualável!
Obrigada Dora - Divisão de Cultura,
Obrigada Alex -Presidente do Guararapes Clube


Coisa boa de ver...

Coisa boa de sentir...

Criança feliz, dia feliz, meu coração cheio...

Marido e eu, o Músico e a Bailarina, levando a Arte em projetos sócio-culturais...
Coisa boa de viver!

"Você pega o trem azul
O sol na cabeça
O sol pega o trem azul
Você na cabeça
O sol na cabeça..."
(Trem Azul- Flávio Venturini)

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Não tema o Invejoso, porque...


ENQUANTO...

Você dorme pacificamente, ele perde o sono quando pensa em você.
Você sai para o trabalho, ele calcula o seu salário.
Você conquista um diploma , ele vive o medo do seu sucesso futuro.
Você levanta um prédio, ele escolhe uma janela prá pular.
Você cura os doentes, ele adoece por conta disso.
Você ensina os seus alunos, ele tenta descobrir o que você não sabe.
Você tem a simpatia das pessoas...
Você recebe os aplausos, ele busca saber se alguém o vaia.
O que ele realmente faz - quando faz? - você cria ,ele copia!
Você teme o invejoso?
Por que?
Ele é um eterno espectador
Merece sua compaixão e não seu temor.
(autor desconhecido)

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Felipe


“Amo-te profundamente, até onde minha alma alcança”
(Elizabeth Barret Browing)

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

O melhor é o durante...


Tanto ensaio, treino, aula, bronca.
Compra roupa, prova roupa, engorda, emagrece, dor, cansaço.
Por que dançamos?
Tanta correria, dedicação, pra acabar tudo tão rápido, uma hora de espetáculo, puf!
Guarda, empacota, tira a maquiagem, recebe os cumprimentos, dorme um sono sem sonhos, acorda achando que sonhou tudo, foi tudo lindo, a noite já foi, agora fica um vazio, já querendo ser preenchido.

A Dança é um 'bichinho bom' que vai crescendo e crescendo.
Difícil alguém que pisa num palco e não sente saudades de voltar.
Quando eu páro e me pergunto: "Pra que tudo isso?"
A resposta vem calminha e cheia de alegria:
"Por causa do 'durante'."

O durante é o mais gostoso.
É o que torna tudo vivo, cheio de momentos que viram lembranças maravilhosas.
O camarim atolado de roupa, véu, perfume, suspiros, nervosismo.
O olhar companheiro que a amiga dá, de repente, segundos antes de entrar em cena.
Aquela aluna que, de mansinho, segura minha mão e sorri, como se dissesse: 'Tudo vai ficar bem", sem precisar dizer com palavras.
A dança que sai, mesmo sem ouvir o retorno, a contagem que se atrapalha, mas ufa, a gente olha rapidinho pra colega do lado e arruma tudo rapidinho.
Os finais de ensaio, todo mundo indo embora de pé sujo, cabelo escorrido, sensação de 'ficou uma bosta' ou então 'dever cumprido'.
As risadas durante a aula, as descobertas de como tornar aquele passo mais charmoso.
A amiga que a gente ganha, junto com a mensalidade paga. Aquela que empresta coisas, dá dicas, dá aquele abraço gostoso, do nada, sem motivo.
Camarim, aula, palco.
Luzes, fotos, dvd's.
Abraços, sorrisos, lágrimas de alegria.
A Dança sempre é mais importante que tudo.
Mas o durante, é a razão de tudo, é que o que nos faz continuar.
O 'durante' é muito mais gostoso.
O durante é o que acontece no processo todo, da montagem à execução.
O final é só o final, a dica para o aplauso.
Mas o durante, é tudo de bom.

sábado, 27 de setembro de 2008

Dança do Ventre = Dança Pagã?

Tudo começou com Salomé...


Segundo a vertente dos 'contra a dança pagã':
* O termo 'Pagã' tem a ver com o não-religioso, o não-cristão.
* A 'Dança do Ventre' tem significado lascivo, com o que há de pior e feio na sedução.
Segundo os católicos, evangélicos e alguns intérpretes da Bíblia sagrada, tudo começou com Salomé.

A Dança ganha uma conotação perigosa e lasciva na passagem de Mateus 14, 1-11 em que Salomé Dança e, em troca, pede a cabeça do profeta João Batista.

A história retratou essa cena inúmeras vezes em escritos, esculturas e telas. Minha favoriota é a de Oscar Wilde, que escreveu o belíssimo 'Salomé' (você encontra em sebos, baratinho).

Theda Bara, como 'Salomé'

Mas a grande questão é: há algumas versões desse trecho bíblico em que claramente, a citação registra que Salomé pede a cabeça de João Batista devido ao pedido de sua mãe.

Segundo o evangelho de Mateus:

"a filha de Herodias, Salomé, dançou no meio dos convivas, e agradou a Herodes,
7 -pelo que este prometeu com juramento dar-lhe tudo o que pedisse.
8 -E instigada por sua mãe, disse ela: Dá-me aqui num prato a cabeça de João, o Batista"


*Embora o nome dela - Salomé - não seja mencionado nas Escrituras, é preservado nos escritos de Josefo. Ele fala também do casamento dela, sem terem filhos, com o governante distrital Filipe, outro meio-irmão de Herodes Ântipas. Após a morte de Filipe, diz o relato de Josefo, ela casou-se com o seu primo Aristóbulo e deu-lhe três filhos homens.

*Do HEBRAICO - 'SALOMÉ' = cheia de paz; aquela que traz paz.

Devido a interpretações, essa passagem considera a Dança como causadora de todo o mal que viria a seguir. Lembrando que há citações belíssimas da Dança na Bíblia (outro dia escrevo outro artigo sobre) mas intérpretes definiram que a Dança de Salomé era a 'Dança Proibida'.

Sarah Bernhardt, atriz e cortesã francesa: Para Oscar Wilde a Salomé 'perfeita'

A questão é que, em toda Bíblia que procurei, nenhuma cita qual era a dança que Salomé dançou.
O registro mais detalhado está nesta versão:

"De repente, reza a lenda, a orquestra faz silêncio e, para surpresa de todos, aparece uma bailarina desconhecida acompanhada de escravas.
Todos esquecem a refeição e não tiram os olhos daquela beleza sem rival - era Salomé.
Ela vai dançar.
As escravas passam-lhe pelo corpo perfumes, sândalo e outras essências.
Colocam-Ihe nos braços e tornozelos pulseiras.
Salomé está descalça e as suas vestes são tules e finas musselines transparentes, a fazerem adivinhar um corpo perfeito... e então Salomé começa a dançar."
Oscar Wilde, em sua criatividade ímpar, faz uma peça inteira utilizando apenas a cena da dança de Salomé como tema. Foi ele quem inseriu os 'véus' na dança de Salomé e, anos depois, algumas vertentes associam também a Salomé a 'Dança dos Setes Véus' ampliando o mito de dança misteriosa, sensual e afins.

Vale ressaltar que, na Bíblia a diferença é clara: os povos de Deus dançavam a 'Dança Espiritual', para louvá-lo e os Pagãos, que não compartilhavam das normas do Antigo Testamento, dançavam a 'Dança Mundana'.
A Bíblia tem uma série de definições e palavras para identificar os tipos de dança.Quase tudo que envolve giros, rodopios, saltos e alegria, era considerado lascivo e proibido, quase sexual e infame.
Há registros de que Salomé realmente existiu.
O que me incomoda é o fato de, também havendo registros de que sua mãe é quem pediu a cabeça do profeta, e na própria Bíblia há o registro de que Salomé entrega a cabeça de João Batista ao final da dança, por que Salomé é quem ficou com a fama de mal?
E por que a Dança do Ventre seria a Dança que Salomé dançou?

Respondo: Porque de Judéia a Galiléia, todos sabiam que as dançarinas eram egípcias e núbias. Elas dançavam envoltas em musselines flutuantes. Certamente ali, havia uma centelha do que viria a tornar-se, anos depois, a Dança do Ventre. Ou ao menos um ou outro elemento desta.
Portanto, o mito ficou.
Hoje, sabe-se que o mito é apenas mito.

Nos casos em que ainda condenam a Dança do Ventre, a causa é a mera desinformação, ou uma postura gratuita de arrogância e preconceito.
Por isso eu escrevo muito, falo, bato mil vezes na tecla da 'Imagem da Bailarina', pois "O que a bailarina faz dentro e fora de cena, reverbera e ressoa diretamente no segmento da Dança do Ventre."
Chega de confundirem BAILARINAS com ODALISCAS.
Chega de dizer FANTASIA ao invés de TRAJE DE DANÇA.
Chega de dançar vulgarmente, com roupa escandalosa ou caras e bocas de p***.
A Dança do Ventre é ARTE e, como tal, merece ser tratada com respeito.
Cabe a nós, BAILARINAS, definir os termos.
Material humano para isso, temos aos montes. Em diversas regiões do País - e do mundo - temos excelentes profissionais, não só em técnica, mas em conduta.
Material de pesquisa, a cada dia nos mostram os fundamentos e pesquisas sobre a arte. Sites, Blogs, Vídeos, Workshops e muito mais.

Agora eu quero é RESPEITO.
Nossa arte merece.
Salomé contribuiu em muito: mostrou que através da dança, desarticulamos posições, inundamos a sala, desmanchamos pré-conceitos e - porque não?- consegue-se dominar até um Rei.

Aprendamos com Salomé a usar a Dança com sabedoria e a manter o seu nome com o devido respeito e consideração.
Não condeno Salomé.
Ela apenas Dançou.
Aprofunde sua pesquisa aqui:

E digite 'Salomé' no bom e velho Google.

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Do que Transborda o Meu Coração...


Só o que está cheio, transborda.
E já dizia Gil: "É sempre bom lembrar: um copo vazio, está cheio de ar."

Sendo assim, me acalmo.
Não fico mais tentando entender as atitudes de cada um, tentando explicar as minhas, lamentando pelo que foi derramado (transbordado).
Cada um transborda o que está cheio em seu coração.
Se uma pessoa só fala coisas ruins, é o que está sobrando dentro dela.
Se uma pessoa é apática ao extremo, é todo o seu ar que a preenche, transbordando.

Coisa boa ter mais de 30.
Coisa melhor ainda é estar à três anos, com toda frequência que meu escasso tempo permite, frequentando as palestras e, há um ano - e sim, com apenas duas faltas- as aulas sobre Ciência, Filosofia e Religião, sob o ponto de vista de Allan Kardec.
É assim que a gente aprende a 'serenar' o coração.

Sei que é óbvio, mas só agora entendi que não adianta questionar, é claro, simples e pontual: tudo o que uma pessoa faz, fala, pensa, só o faz porque é o que estava transbordando dentro dela.
Há corações e corações.
Uns com ar, outros com sentimentos maravilhosos e outros adoecidos, tadinhos.

Jade disse uma vez:
"Só existem dois tipos de pessoas e elas só sabem fazer duas coisas: ou oferecer amor, ou pedir ajuda."

Agora, eu entendo.
Se aquele 'amigo (a)' que a gente ama tanto, não corresponde, deixa ele seguir. Até ele se curar ou ser ajudado, eu não vou mais insistir.
Se alguém insiste em se preocupar tanto se vai magoar, se vai melindrar, se a gente vai interpretar mal, é porque essa pessoa realmente tem essa intenção. Também vou deixar seguir.
Ninguém se preocupa tanto com o mal que não quer causar.
Não quero mais compartilhar do que não transborda, como o meu coração.

Mas também não vou simplesmente abandonar, não sei ser assim.
Só vou parar de tentar mostrar meu mundo, minhas cores, meus conteúdos.
Vou ficar pertinho, porque não consigo deixar de gostar dessa criação interessante, que é o ser humano.

E como é bom chegar nesse entendimento, nessa leveza interior de, ao invés de sofrer ou resmungar, respirar fundo e com toda a ternura do mundo, sussurrar para mim mesma: "Te entendo"...
Meu coração se ocupa demais, de tudo, de muito.
Meu coração transborda todo o amor do mundo.

Não é preciso estudar com profundidade o Espiritismo para entender a Lei da Ação e Reação. Você pode aprender isso com a Física e até mesmo com qualquer outra religião. Como você aplica e vivencia isso é que são outros quinhentos.

Jesus já disse há tempos: "Ama o teu próximo, como a ti mesmo."
O que não quero para mim, não quero para o outro.
Seria bem melhor o mundo se todos tivessem essa percepção.
Mas vivemos num mundo ainda num estágio parco de evolução espiritual.
Jesus disse também: "Perdoa o teu inimigo, mas não o confunda com um amigo."
Hipocrisia, ironia e, o pior de tudo, 'fingir que nada aconteceu' também transbordam de corações cheios de falsas intenções.
Quero distância desses, cada vez mais.

Quero ter o direito de não gostar das pessoas ou suas atitudes e seguir em frente, sem ter que conviver com elas, ou fingir que gosta. Bem melhor do que viver perto, com uma máscara, falar do bem e fazer o mal.
Não, não em mim, não aqui neste blog, nem em minha vida.

Há pessoas que querem ficar perto da luz e se aquecer e iluminar-se sob esta, sugar ao máximo; outras querem roubar a luz, por não ter a própria e ainda existem -e por essas que sou APAIXONADA- as que tentam criar sua própria luz.
É minha palavra favorita: LUZ.
E é por manter a minha própria luz que danço, que amo, que me importo.

Que doei uma cama, colchões, roupas, quando teve o temporal de minha cidade.
Que criei e trabalho toda semana no projeto social cultural 'Dança' que atualmente atende a 70 crianças.
Que fico até de madrugada falando com meu marido e com uma série de pessoas, tentando descobrir quem precisa de doações, palavras de conforto.
E já vi gente chorar de alegria ao receber uma roupa, uma cesta básica.
Mas também já vi gente se 'sentir mal' porque eu presenteei com uma roupa minha, que não usava mais e que achava 'a cara' da pessoa, e já vi gente reclamar que a cesta básica tinha poucos produtos.
Há os que são gratos, há os que são ingratos.
Há os que não fazem, não criam, não ousam.
Há os que ficam à espreita, colocando defeito, dando palpites, sentindo-se no direito de 'ajudar', 'melhorar', fazer 'crítica construtiva - existe? ou destrutiva - existe?' achando que estão nessa posição, claro, depois do trabalho feito, da ousadia consumada, da coragem que o outro teve ao começar.
Os árabes dizem: "Generoso é aquele que dá antes do outro pedir."
Com ousadia, eu complemento: "Especial é aquele que aceita, mesmo sem precisar."
Mas também tenho sombras. Vou desnudá-las para vocês: tenho péssimo humor, principalmente ao acordar; não tenho a menor paciência com gente que demora para responder a uma pergunta ou fica 'pensando,pensando'; tenho dificuldades em lidar com pessoas passivas, mornas, sem opinião - ou pior- que mudam de opinião de acordo com outras 'cabeças pensantes'.
Detesto e demonstro isso, ignorando a presença de pessoas maldosas, arrogantes, que fazem/fizeram fofocas. Simplesmente abomino fofocas.
Não congiso comer ou fazer qualquer coisa se tiver alguém atrás de mim ou de pé, andando prá lá e prá cá.
Não gosto de comer sem música, aliás, não gosto de passar um dia sem ouvir música.
Mas também não gosto de passar um dia sem ficar em silêncio.
Fico irada e não aceito piadas que falem de negro, japonês, judeu ou o que quer que segregue. Não, não tenho esse 'senso de humor.'
E fico sem paciência com pessoas que não sabem rir, que perderam a infância, que reclama de tudo, que se colocam como 'superiores' confundindo responsabilidade com seriedade.

Sou daquelas doidas, que saem na rua para pedir que o vizinho solte o cachorro que fica preso o dia todo; que conversa com mendigos indicando o abrigo; que vai -as vezes aos berros- falar com a mãe que bate na criança no supermercado; que grita da janela do carro, para o homem parar de bater no cavalo que conduz a charrete - sim, existem charretes na cidade em que vivo.

Cada coração me vê de uma maneira.
Louca e descontrolada, para uns;
Aquela que quer 'aparecer' para outros;
Boa, para alguns,
Ruim para outros.

Aliás, coitado de quem ainda se prender a julgamentos nessa época em que vivemos, em que amar é brega, demonstrar afeto é ser ou carente ou falsa, falar bem é puxar saco e ter opinião e colocá-la de maneira enfática é ser grossa. Quanto rótulo hein?! Fiquem à vontade para usá-los, porque não me serve nenhum.

Vivo bem tranquila, com o que tenho e faz transbordar o meu coração.
E o que transborda o meu coração?
É muito fácil de ver, de sentir, compartilhar...tem para todos...mas só se apropriam ou fazem parte, os que vêm despidos de todo julgamento e vontade de roubar a luz.
*hoje transbordou um mistério de texto, mas tudo bem...


*"Deus envia Anjos disfarçados de seres humanos. G. você é um deles!"

domingo, 14 de setembro de 2008

Ética na Dança do Ventre

Para ir direto ao ponto: Ética é muito, mas muito mais do que a maioria acredita.

Eu tive um semestre de ética na Universidade, eu li dezenas de livros e a ética é, ainda hoje, tema de filósofos.

Portanto, a ética na Dança do Ventre não se resume a um código - embora muito bem elaborado- e nem a opiniões pontuais, mas que não observam as diferentes situações, regionalismos e histórico de cada um. Ética abrange uma série de conceitos, e o fato de tentar adaptá-la a uma modalidade artística que sofre pela ausência de conceitos, nomenclatura e métodos, chega a ser um tiro no escuro.

Mas, mesmo assim, pensando nisso - e em tudo isso - eu escrevi um artigo para o site, que na verdade não é novo- escrevi e distribui para uma turma de alunas no ano de 2006, mas entendo que ainda é atual e por isso resolvi deixar a disposição no site - para quem gosta de ler e ler MUITO, com suas devidas revisões e atualizações.

O artigo não tenta definir a ética e nem postular a definição exata da mesma, mas abarca sugestões e possíveis soluções para a busca da ética, em específico, na Dança do Ventre.

Boa leitura!

http://www.abailarina.com/artigos.html

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Assopre!

Quem nunca assoprou um dente-de-leão (essa florzinha linda) não sabe como é bom ...
Eu imagino que preces são assim...a gente reza e os anjos espalham o amor para o mundo...

Esse blog não tem a obrigatoriedade de falar apenas de Dança, mas também procuro ter cautela em falar do público, quando tento a todo momento preservar minha vida particular...
Mas não poderia deixar de registrar aqui e AGRADECER o carinho das pessoas que sabiam e lembraram do meu aniversário ontem.

Eu pensava que só em filmes era possível ter um comôdo cheio de flores, sem ter onde guardá-las...na verdade só tinha visto isso em filmes mesmo...mas ontem, foi com o coração cheio de amor que tive que dispor de dois cômodos da casa para acolher as flores e presentes que recebi!

Uau!

Mereço?
Não sei.

Mas acredito mesmo na lei do retorno. Então ontem eu senti, abracei, toquei, chorei, sorri, ganhei muito,muito,muito amor.
Senti que todas as minhas preces chegaram lá...e voltaram para mim...

Obrigada à todos!
Palavras, telefonemas, mensagens, flores, presentes materiais e presentes espirituais tornaram meus 32 anos simplesmente inesquecíveis.

Obrigada em especial ao meu marido Felipe, esse sim faz coisas que só bons filmes de amor - ou nem isso -imaginam...que Deus continue abençoando nosso amor!

Obrigada às minhas alunas, que me deram uma festa com direito a bolo de chocolate e refrigerante, mas o melhor de tudo foi compartilhar dos sorrisos, presentes, conversas e carinho das duas turmas que tiveram aula comigo ontem. Obrigada meninas, vocês fizeram uma criança de 32 anos muito feliz!!

32 anos...
Que a vida continue sendo gentil comigo!
=]

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Lista de Presentes

*Que a Carolina consiga um ótimo emprego;
*Que eu consiga realizar o sonho de ter um abrigo para Cães;
*Que o novo projeto aconteça segundo as vontades de Deus - e eu saiba aceitá-las;
*Que continue tendo a oportunidade de almoçar todos os dias na companhia de meu marido;
*Que meus amigos não se cansem das minhas idéias;
*Que minha família tenha saúde e que nossos encontros jamais cessem;
*Que eu continue trabalhando cada vez mais no Centro;
*Que meu coração jamais perca a ingenuidade e a fé;
*Que ao menos por um dia, as pessoas fizessem uma oração, umas pelas outras, e pelo planeta;
*Que a Dança esteja sempre presente, mas somente na vida de todos os que têm um bom coração.

Para mim, mais do que o essencial.
Seria tudo.
O presente completo.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Tudo de Bom...


* Aulas para 70 crianças no Grupo Municipal de Dança;

* A Sexta Mostra de Dança com quase todos os números prontinhos, as meninas sorrindo;

* Família, marido e amigos por perto;

* Projeto particular/social/cultural saindo do forno...

Obaaa!!

"Quem planta, colhe!"

Obrigada, Papai do Céu!

"O Mestre na arte da vida faz pouca distinção entre o seu trabalho e o seu lazer, entre a sua mente e o seu corpo, entre a sua educação e a sua recreação, entre o seu amor e a sua religião. Ele dificilmente sabe distinguir um corpo do outro. Ele simplesmente persegue sua visão de excelência em tudo que faz, deixando para os outros a decisão de saber se está trabalhando ou se divertindo. Ele acha que está sempre fazendo as duas coisas simultaneamente." (Texto Budista)


*Para quem ficou curioso com Irina, dois vídeos:

Dança Cigana



Jazz



Para ilustrar o colorido do meu dia, um pouco de Monet para vocês.

sábado, 6 de setembro de 2008

Inspiração...(Luz dos olhos meus - 2)

Quando me perguntam: o que você seria se não fosse Psicóloga?
Eu digo: Já sou: Bailarina.
E se não fosse Bailarina?
Adoraria ser Bibliotecária ou trabalhar em uma Videolocadora.
Simples assim. O emprego dos sonhos.

Ou...

Um grande sonho... Patinadora Artística.

Além de dançar, elas 'voam'... Ah, como eu queria, por um momento, ser a 'Bailarina do gelo e do ar'...

Todo ano, enquanto o mundo espera as Olímpiadas, eu fico torcendo para elas acabarem logo. Fico como criança em véspera de Natal, esperando os dois anos seguintes, só para assistir as 'Olimpíadas de Inverno', minha paixão.

Eu adoro ver o olhar das 'bailarinas-patinadoras' a caminho do centro de palco de gelo, com o rosto transmutado em concentração e emoção.


Adoro ver as roupas, a maquiagem, os saltos, passeios, braços e... os giros...ah, os giros...

Muitas pessoas não sabem - e conto aqui, em primeira mão - que a inspiração para os meus giros na Dança do Ventre, vêm dos giros da Patinação Artística. Sim,sim, eu me inspiro com os braços maravilhosos e os desenhos que elas usam e adapto, a minha maneira, para a minha dança.

A preferida? Ela: Irina.
Irina Slutskaya. A Russa que emocionou o mundo em 2004,ao desobedecer uma ordem médica e continuar a patinar.

'Você tem um grave problema cardíaco, não pode mais patinar."
"O que?' ela disse. E completou:
"Se eu parar de patinar, aí sim que meu coração nunca mais vai sarar. Eu sempre patinei, tudo o que eu mais gosto e faço com o coração é patinar e eu não vou parar."

E ela não parou. Bi campeã Mundial, medalhista olímpica, e ainda criou um giro, o 'Biellmann Spin' que só ela e poucas bailarinas/patinadoras conseguem fazer.

Além de talentosa, expressiva, técnica, tem o tempero que eu mais admiro nas pessoas:
Força, Persistência e nunca desiste.
Incansável.
Treino de 20 horas semanais, isso quando está com agenda cheia.

Irina, hoje o meu blog é seu.
E meus giros agradecem a sua dedicação.
ps: Muito obrigada pelos e-mails elogiando a post sobre Lulu e a entrevista. A arte da Dança, assim como toda forma de Arte é feita por pessoas e por essa substância imensurável de que são feitos os sonhos. Eu continuo sonhando e agindo...obrigada por acompanharem essas histórias e por fazerem parte dela...